1 de novembro de 2010

#2

Tenho medo de tudo e não tenho medo de nada; sinto-me capaz de tudo e capaz de nada. 

2 comentários:

Isa F disse...

Olá! Quando comentaste o meu blog até pensei que ja tinha vindo aqui ao teu, so agora percebi que és uma das minhas novas seguidoras (: deculpa, durante a semana ando sempre despassarada..
Gosto do teu blog, continua sempre a escrever *

Daniela Neto disse...

Porque é que eu adoro todos os teus textos ? :o